Antiga Mãe d'Água da Barra

 

Essa antiga fonte, chamada de Mãe d'Água, à moda dos portugueses, ficava nos rochedos, perto do Farol da Barra. Foi registrada em algumas fotografias antigas, como a de Mulock (abaixo), em 1860, e as de Edgard de Cerqueira Falcão (ao lado), em duas épocas: cerca de 1939 e cerca de 1960, já em ruínas.

Até o início do século 20, existiam várias fontes públicas em Salvador. Não se conhece muito sobre a história dessa fonte na Barra, mas acredita-se que era bem antiga, provavelmente do século 18 ou antes.

A estrutura de sua base circular, em pedras, ainda se encontra no local e pode ser facilmente identificada.

O nome Mãe d'Água foi provavelmente dado pelos portugueses, pois essa designação é usada, em Portugal, há muito tempo, como sinônimo de fonte, reservatório ou nascente.

Entretanto, alguns autores referem-se a ela como Fonte de Iemanjá. De fato, nas comemorações de dois de fevereiro, dia de Iemanjá, algumas pessoas se reuniam em volta dessa fonte para seus rituais, oferendas e festas.

Mais: Fontes de Salvador

 

Salvador

 

Fotografias da Mãe d'Água publicadas por Edgard de Cerqueira Falcão. Acima, a fonte construída em alvenaria de pedras, cerca de 1939 (livro Relíquias da Bahia). Embaixo, a mesma fonte em ruínas, com o Edifício Oceania, ao fundo, por volta de 1960 (livro Isto É a Bahia!).

 

 

 

A Mãe d'Água, em 1860, por fotografia de Ben Mulock.

Embaixo, ampliação da parte da Fonte.

 

Antiga fonte

 

Mãe d'Água ►

 

Fonte Iemanja

 

Fonte atual

 

Fonte antiga Bahia

 

Fonte Barra

 

Ao lado, uma foto de janeiro de 2014, aproximadamente no mesmo ângulo da de cima, mostrando parte da estrutura da base da fonte. Uma estrutura circular de alvenaria de pedra (não vista nesta foto) pode ser nitidamente identificada no local.

 

Bairro da Barra

 

 

Copyright © Guia Geográfico - Bairro Histórico de Salvador, Yemanjá.

 

 

Turismo Salvador Bahia