Igreja da Ordem Terceira de São Francisco

 

A Ordem Terceira Franciscana chegou ao Brasil entre 1555 e 1557.

A Ordem 3ª dos Franciscanos da Bahia, foi fundada em 1635, por Frei Cosme de S. Damião, inicialmente, com sede no Convento de São Francisco. No ano seguinte, iniciou-se a construção do primeiro templo, concluído em 1644, mas, em 1686, planejou-se uma reedificação.

A atual igreja de Salvador teve sua pedra fundamental instalada em 1º de janeiro de 1702, quando o ministro da Ordem era o coronel Domingos Pires de carvalho. Houve uma reconstrução em 1799, após um incêndio. Sua fachada é esculpida em pedra arenito, a única do tipo no Brasil.

O templo abriga preciosas obras de arte sacra, como a escultura do Senhor morto, de autoria de Francisco das Chagas Xavier, em que as gotas de sangue são representadas por rubis.

A decoração original, em talha barroca, foi substituída pela neoclássica entre 1827 e 1828. Possui belos painéis de azulejos portugueses.

A Sala dos Santos abriga imagens, em tamanho natural, como o Senhor no Horto, o Senhor na prisão, o Senhor dos Açoites, o Senhor da Pedra Fria, o Senhor na presença de Pilatos, o Senhor dos Passos, Nossa Senhora da Conceição, Maria Santíssima e Nossa Senhora das Dores. Algumas peças participam da procissão das Cinzas, que teve início em 1648.

 

Ordem São Francisco

 

As Ordens Terceiras

As ordens terceiras eram confrarias católicas de homens brancos leigos (não eram padres). Seus integrantes não possuíam papel específico na hierarquia católica, mas tinham grande prestígio e importância na construção de templos e nos eventos religiosos ou sociais, em geral.

Essas instituições estavam vinculadas às ordens do clero regular.

 

A Igreja da Ordem Terceira de São Francisco, com sua fachada esculpida em pedra, em estilo barroco. Situa-se ao lado da Igreja de São Francisco.

 

Interior Ordem 3

 

Igrejas Salvador

 

Interior da Igreja (clique para ampliar).

 

Salvador

 

Copyright © Guia Geográfico - Antigas Igrejas do Brasil

 

Turismo Salvador Bahia