Lagoa do Abaeté

 

A Lagoa do Abaeté é rodeada por dunas de areia branca, como cantada por Caymmi (A Lenda do Abaeté, 1954). O fato é bem interessante já que as areias das praias de Salvador são normalmente douradas.

Segundo Theodoro Sampaio, o nome abaeté tem origem tupi (abá-etê) e significa homem forte, ilustre, homem de bem (O Tupi na Geografia Nacional).

É uma paisagem natural e uma área de proteção ambiental das lagoas e dunas do Abaeté, enquadrada pelo decreto estadual № 351, de 22 de setembro de 1987. As dunas existem há milhares de anos.

Está inserida no Parque Metropolitano do Abaeté, em Itapuã, criado em 6 de agosto de 1980, pelo decreto municipal №  5.969, alterado pelo decreto estadual № 2.540 de 18 de outubro de 1993. Possui também o Centro de Atividades, o Museu Casa da Música, a Casa das Lavadeiras, quiosques, restaurantes e playgrounds.

A coloração escura da água tem haver com a vegetação nativa que envolve a Lagoa. Existem orquídeas, cajueiros e coqueiros. Tem uma profundidade de até cinco metros e sua fauna inclui peixes, camarões, pitus e cobras d’água.

O Abaeté tem também seu aspecto sociocultural. Aqui, comunidades religiosas baianas praticavam seus cultos. Ainda existem as oferendas para Oxum.

Quanto à segurança, o Parque Metropolitano conta, diariamente, com o efetivo de quatro policiais militares, dois trios do Esquadrão da Polícia Montada, dois guarda-vidas do Corpo de Bombeiros e 36 guardas de segurança patrimonial.

 

◄ Itapuã

 

Copyright © Guia Geográfico - Bahia, Atrações Turísticas de Salvador.

 

Salvador

 

Lagoa Abaete Itapua

 

Parque Abaete

 

Farol Itapua

 

 

Mapa Itapua

 

Fotos Dique Tororo

 

Vista parcial do Parque do Abaeté.

 

Atração Bahia

 

Dunas

 

Salvador Turismo

 

 

M. J. Marques

 

Lagoa do Abaeté

 

 

 

 

 

Divulgação

 

Divulgação